RALLYE DE PORTUGAL

INTRODUÇÃO E BOAS VINDAS

Seja muito bem-vindo à 53ª edição do Rally de Portugal, disputada entre 30 de Maio e 2 de Junho de 2019, no Norte e Centro do País.

O Automóvel Club de Portugal decidiu levar a Coimbra o WRC Vodafone Rally de Portugal, cidade que será o palco da Cerimónia de Partida. O espectáculo do Rally terá lugar na zona da Porta Férrea, dando a possibilidade, sobretudo aos alunos da Universidade, de verem em primeira mão os fantásticos carros que participam na etapa nacional do Campeonato do Mundo de Ralis.

Este ano, a prova vai também passar pelos memoráveis troços da Lousã, Góis e Arganil. Na sequência da dupla passagem por essas classificativas, onde se escreveram grandes páginas da história do Rally de Portugal, o primeiro dia termina com a única Super Especial do Rally, que volta a disputar-se no Eurocircuito de Lousada.

Uma edição do Vodafone Rally de Portugal com muitas estreias, mas também a manutenção essencial da base operacional da prova na Exponor, em Matosinhos, e a permanência no programa da maioria das muito competitivas classificativas do Norte.

Assim, o dia de sábado apresenta também algumas alterações, desde logo a classificativa de Vieira de Minho que ganha cerca de 4 km na parte inicial. Os troços de Cabeceiras de Basto e Amarante permanecem inalterados. Depois das duas passagens por estas três classificativas, o segundo dia termina com mais uma estreia: a Gaia Street Stage. Com partida na zona do Cais de Gaia e 2,25 km de extensão, esta classificativa promete levar muita emoção e adrenalina ao público no coração da cidade ribeirinha.

Fafe continua a ser o prato forte do último dia de competição, com a segunda passagem em formato de Power Stage. Montim conta com duas passagens, enquanto Luílhas se disputa uma única vez. A cerimónia de pódio final acontece junto ao mar, em Matosinhos, para gáudio dos milhares de fãs da etapa portuguesa. A evolução dos carros e as alterações das equipas, estas últimas com um alinhamento profundamente alterado, são também novidades de peso desta edição e que seguramente vão proporcionar emoções acrescidas aos adeptos do WRC.

As alterações no WRC 2, com a divisão em duas categorias - Pro, reservada às viaturas R5 das equipas oficiais e a “normal”, reservada aos privados - prometem também novos motivos de interesse a uma competição já de si emocionante.

O Vodafone Rally de Portugal permanece no calendário do Campeonato de Portugal de Ralis e da Peugeot Rally Cup Ibérica.

Uma palavra de agradecimento para o indispensável apoio dos patrocinadores Vodafone, BP, Hertz e Skoda. Bem como para o empenho e esforço das câmaras municipais de Amarante, Arganil, Cabeceiras de Basto, Coimbra, Fafe, Góis, Lousã, Lousada, Matosinhos, Mondim de Basto, Paredes, Vieira do Minho e Vila Nova de Gaia.

O Rally conta com o envolvimento do Turismo do Porto e Norte e agora também com o apoio do Turismo do Centro.

Por último, um tema fundamental para o sucesso da nossa prova do Mundial de Ralis: a segurança. O enorme entusiasmo que rodeia esta competição deve ser uma imagem de marca do desporto e do turismo nacionais. Só com o compromisso de todos será possível termos o WRC Vodafone Rally de Portugal coroado de sucesso. 

Desejo-lhe um excelente Rally

Mário Martins da Silva

Presidente da Comissão Organizadora do WRC Vodafone Rally de Portugal

VODAFONE RALLY DE PORTUGAL NO NORTE E CENTRO DO PAÍS

A etapa portuguesa do Mundial de Ralis realiza-se entre 30 de Maio e 2 Junho e promete muitas emoções aos adeptos da modalidade. É a primeira vez que o WRC se vai disputar nos troços memoráveis de Arganil, Góis e Lousã, depois de muitos anos fora do programa da prova.

partida oficial vai ter lugar em Coimbra, junto à Porta Férrea da Universidade. A Exponor, em Matosinhos, mantem-se como base operacional da prova, com as verificações administrativas e técnicas, o parque de assistência e a maior parte das partidas e chegadas da 7ª jornada do Campeonato do Mundo de Ralis. Com entrada gratuita, é o local ideal para os adeptos contactarem com os pilotos e as equipas e verem de perto as máquinas do WRC.

programa do Vodafone Rally de Portugal tem um percurso de 1.463,55 km, dos quais 311,59 km disputados ao cronómetroao longo de 20 Especiais de Classificação.

É precisamente no dia 30 de Maio que acontece o primeiro espectáculo com os principais pilotos a passarem pelo menos três vezes pelo circuito de Baltar, no município de Paredes, onde se realiza o Shakedown da prova. É também nesse cenário que se vivem as primeiras emoções em Portugal nesta temporada que conta com as equipas quase totalmente renovadas.

Ainda na quinta-feira surge uma das principais novidades da prova do Automóvel Club de Portugal, com o regresso da zona Centro ao programa do Vodafone Rally de Portugal e com a cidade de Coimbra a acolher a cerimónia oficial de partida do Rally.

No dia seguinte os pilotos seguem para os troços da Lousã, Góis e Arganil. Entre as duas passagens nestas classificativas, oportunidade para o público ver mais de perto pilotos e carros no reagrupamento e na zona de troca de pneus, no centro de Arganil. Concluídos os 91,50 km cronometrados na região Centro, o pelotão do Vodafone Rally de Portugal ruma a Norte para a disputar a única Super Especial da prova, no Eurocircuito de Lousada.

O dia de sábado começa em Vieira do Minho, este ano com novidades no início do percurso, seguindo para os já bem conhecidos troços de Cabeceiras de Basto, na Serra da Cabreira, e Amarante, a classificativa mais longa da prova, com 37,60 km, com início em Mondim de Basto. Em termos desportivos, o dia completa-se com a Gaia Street Stage, uma dupla classificativa disputada num percurso inédito com partida no Cais de Gaia e final junto ao edifício da Câmara Municipal.

Fafe volta a dominar o último dia de competição. Além da incontornável classificativa de Fafe-Lameirinha, em formato de Power Stage na segunda passagem, os troços de Montim e de Luílhas completam o programa.

A consagração dos pilotos e equipas está marcada para a Marginal de Matosinhos, junto ao mar, onde são esperados milhares de fãs do Vodafone Rally de Portugal para a festa da cerimónia de  pódio .

O Vodafone Rally de Portugal será certamente mais uma vez o palco perfeito para receber a caravana do Mundial de Ralis, com as 4 marcas oficiais no escalão superior do campeonato: M-Sport/Ford, Toyota, Hyundai e Citroen, preparadas para competirem ao mais alto nível, após um defeso com algumas mudanças de pilotos, nomeadamente a passagem do campeão do Mundo Sebastien Ogier para a Citroen e o regresso de Sebastien Loeb desta vez com a equipa Hyundai, o que tornará mais emocionante e imprevisível o desfecho final do campeonato.

É importante destacar as alterações no WRC 2, com a divisão em duas categorias - Pro, reservada às viaturas R5 das equipas oficiais e a “normal”, reservada aos privados - prometendo também novos motivos de interesse a uma competição já de si emocionante.

O Vodafone Rally de Portugal permanece no calendário do Campeonato de Portugal de Ralis, sendo uma excelente oportunidade para os melhores pilotos portugueses poderem concorrer com os melhores pilotos internacionais.

De destacar a presença da Peugeot Rally Cup Ibérica, sendo a prova portuguesa a primeira do calendário desta competição.

O Vodafone Rally de Portugal tem o patrocínio da Vodafone, BP, Hertz e Skoda e o apoio das autarquias de Amarante, Arganil, Cabeceiras de Basto, Coimbra, Fafe, Góis, Lousã, Lousada, Matosinhos, Mondim de Basto, Paredes, Vieira do Minho, Vila Nova de Gaia e do Turismo de Portugal, Turismo do Porto e Norte e do Turismo do Centro.

Em 2018 foi assim ...

Neuville vence pela primeira vez o Rally de Portugal

T. Neuville / N. Gilsoul do Team Hyundai Shell Mobis WRT são os grandes vencedores do Rally de Portugal 2018, vencendo 5 das 20 classificativas do rali, o que lhes permitiu controlar os seus mais directos adversários, depois de uma “hecatombe” na primeira fase do rali com várias desistências de potenciais vencedores.

De qualquer forma, achamos que a vitória de Neuville em Portugal foi merecida, e com os pontos averbados no Rally de Portugal Neuville sobe ao 1º lugar da classificação geral do mundial ultrapassando Ogier até então o comandante.

Os vencedores no Pódio

T. Neuville / N. Gilsoul 

Hyundai i20 WRC 

Pódio Final

Classificação Geral Oficiosa

Melhores Portugueses

Armindo Araújo / Luís Ramalho em Hyundai i20

PARTNERS / PARCEIROS APILOTOS

  

  

 

   

  

                                              VÍDEOS